Você encontra aqui conteúdos da disciplina História e Cultura Afro- Brasileira para estudos e pesquisas, como também, assuntos relacionados à Política, Religião, Saúde, Educação, Gênero e Sociedade.
Enfim assuntos sobre o passado e sobre nosso cotidiano relacionado à História do Brasil e do Mundo.







Seguidores

Visitantes

sábado, 2 de julho de 2011

Heróis da Revolta de Búzios são inscritos no Livro dos Heróis da Pátria


Heróis da Revolta de Búzios são inscritos no Livro dos Heróis da Pátria João de Deus do Nascimento, Lucas Dantas de Amorim Torres, Manuel Faustino Santos Lira e Luís Gonzaga das Virgens e Veiga. Estes são os nomes dos quatro heróis da Revolta dos Búzios inscritos no Livro dos Heróis da Pátria, que está depositado no Panteão da Pátria e Liberdade, em Brasília. O registro se deu por decisão da presidenta da República, Dilma Rousseff, que sancionou a Lei 1291 http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Lei/L12391.htm , de 04 de março deste ano, a partir de Decreto do Congresso Nacional.
O ato da presidenta é um reconhecimento à coragem e persistência dos mártires da Revolta de Búzios - movimento emancipacionista popular, ocorrido no século XVIII, na capital baiana. Também conhecida como Revolta dos Alfaiates e Conjuração Baiana, a Revolta dos Búzios é classificada pelos historiadores como um importante manifesto anticolonial, liderado por africanos, negros livres, forros e libertos.
A principal estratégia da Revolta dos Búzios foi a distribuição de boletins, propagando ideias libertárias e conclamando a população a se rebelar contra o domínio do governo de Portugal. À época, apelidados de “sediciosos”, os boletins eram afixados em locais movimentados da cidade do Salvador, sede do governo da capitania da Bahia. Dizia um dos panfletos dos revoltosos de Búzios: “está para chegar o tempo feliz da nossa liberdade, tempo em que todos seremos irmãos, tempo em que todos seremos iguais”. Os quatro heróis de Búzios foram presos e enforcados na Praça da Piedade no dia 07 de novembro de 1799.
Fonte Comunicação Social - imprensa@seppir.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário