Você encontra aqui conteúdos da disciplina História e Cultura Afro- Brasileira para estudos e pesquisas, como também, assuntos relacionados à Política, Religião, Saúde, Educação, Gênero e Sociedade.
Enfim assuntos sobre o passado e sobre nosso cotidiano relacionado à História do Brasil e do Mundo.







Seguidores

Visitantes

sábado, 16 de julho de 2011

DA ÁFRICA AO BRASIL, A HOMOGENEIZAÇÃO DAS DIVERSIDADES




Para se entender aspectos da cultura brasileira, devemos considerar os costumes e as heranças originadas a partir de muitas das práticas ancestrais africanas que aqui foram deixadas pelos escravos e por seus descendentes. Sabemos que no processo da diáspora africana para as Américas, as práticas e os costumes culturais sofreram diferentes formas de ressignificação e reelaboração, de modo que não podemos afirmar a permanência de uma autêntica e, portanto, pura, cultura africana no Brasil.

Com relação às ressignificações das práticas, estas não podem ser entendidas sem que seja pensada a condição dos muitos homens e mulheres que para o Brasil vieram como cativos. A adaptação de suas crenças, línguas, de seus usos e costumes à nova terra que doravante iriam habitar, deve ser entendida como tentativa de manter a inteligibilidade de um mundo “novo”e, ao mesmo tempo, complexo, em que muitas de suas tradições foram refeitas, deixando umas de existir e outras assumindo novas identidades, agregadas a outros modos e costumes. As práticas a que chamamos de ressignificadas e reelaboradas, também podem ser definidas como as heranças deixadas pelos escravos africanos e que compõem o acervo cultural brasileiro. Estas heranças são compostas das contribuições de homens e mulheres de diferentes culturas africanas, somadas a outras tantas que já existiam na América, sejam trazidas pelos europeus, sejam as dos grupos indígenas.

É necessário desmistificar a idéia de que a África possui uma universalidade. A África é um caldeirão de grande diversidade; é um berço de várias culturas com muitas diferenças nos aspectos lingüísticos, religiosos, culturais ou étnicos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário