Você encontra aqui conteúdos da disciplina História e Cultura Afro- Brasileira para estudos e pesquisas, como também, assuntos relacionados à Política, Religião, Saúde, Educação, Gênero e Sociedade.
Enfim assuntos sobre o passado e sobre nosso cotidiano relacionado à História do Brasil e do Mundo.







Seguidores

Visitantes

terça-feira, 3 de maio de 2011

Brasil e El Salvador firmam acordo para promoção da igualdade de gênero


 Brasil e El Salvador firmam acordo para promoção da igualdade de gêneroA ministra Iriny Lopes, da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), e a secretária de Inclusão Social e primeira-dama de El Salvador, Vanda Pignato, assinaram, dia 28/04, um memorando de entendimento para a promoção da igualdade de gênero e a proteção dos direitos das mulheres nos dois países.
O documento prevê o intercâmbio de informação e a coordenação de ações entre as duas nações, a fim de eliminar a discriminação contra as mulheres e alcançar a igualdade de gênero. Para isso, estabelece ações prioritárias de inclusão das mulheres nos processos econômicos, incentivando sua autonomia, especialmente entre as mulheres em situação de extrema pobreza; participação igualitária, plural e multirracial das mulheres nos espaços de poder e de decisão, e melhoria das condições de vida e saúde integral das mulheres.
Durante a visita a SPM para a assinatura do acordo, Vanda Pignato falou sobre a situação de invisibilidade vivida pelas mulheres em El Salvador e apresentou o projeto Cidade Mulher, o qual considera “estar revolucionando a vida de milhares de famílias, por ser um centro de apoio e formação, com atendimento às mulheres e seus filhos de até cinco anos”.
A primeira dama explicou que em cada unidade do Projeto Cidade da Mulher, funciona creche, serviços de atendimento médico e odontológico, oficinas de formação de mão de obra, agências de microcrédito e apoio jurídico, centro de inclusão digital, biblioteca e teatro. “É um misto de espaço de convivência e de formação profissional e cultural. Abrimos o primeiro e até o final do governo pretendemos colocar em funcionamento outras cinco unidades”, declarou.
A ministra elogiou o projeto Cidade Mulher por concentrar as unidades de atendimento num único espaço, evitando deslocamentos desnecessários. Iriny Lopes ressaltou a importância da parceria para o fortalecimento das ações entre Brasil e El Salvador e lembrou que as experiências exitosas podem ser adaptadas e implementadas em diversos lugares.
Acompanharam a primeira-dama, o subsecretario de Inclusão Social, Carlos Urquilla, e a embaixadora de El Salvador no Brasil, Rina Ângulo.

Por Comunicação Social SPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário