Você encontra aqui conteúdos da disciplina História e Cultura Afro- Brasileira para estudos e pesquisas, como também, assuntos relacionados à Política, Religião, Saúde, Educação, Gênero e Sociedade.
Enfim assuntos sobre o passado e sobre nosso cotidiano relacionado à História do Brasil e do Mundo.







Seguidores

Visitantes

terça-feira, 10 de maio de 2011

BRASIL : 13 de maio – Faculdade Zumbi dos Palmares Diploma Profissionais!

Ilustração: Daiane Souza/FCP
Por Denise Porfírio
Na semana em que se celebra o 13 de maio, a Faculdade Zumbi dos Palmares lança no mercado de trabalho profissionais diplomados em diferentes áreas do conhecimento. O ato tem significado extraordinário, levando-se em consideração a pesquisa recém-lançada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), que aponta a educação como uma das principais contribuições para a redução da pobreza no País.
A solenidade de formatura acontece nesta segunda-feira (09 de maio), às 19 horas, na Fundação Memorial da América Latina (SP). O presidente da Fundação Cultural Palmares (FCP), Eloi Ferreira de Araujo, participa da cerimônia de diplomação das turmas de Administração de Empresas e Tecnologia em Transporte Terrestre da faculdade.
COTAS – Uma das maiores referências da luta pela inclusão dos afro-brasileiros nos espaços de exercício de cidadania, Ferreira diz que a iniciativa constrói um ambiente de igualdade de oportunidades e cria condições para que a população descendente de negros escravizados tenha maior visibilidade na produção de conhecimento e de bens sociais, culturais e econômicos.
- Estudantes negros e negras cotistas têm obtido notas iguais ou superiores às de alunos não-negros ou não-cotistas, provando que o mérito da questão é aferido dentro e não fora da instituição, pontua.
Na semana do 13 de maio, marcada por mobilizações em todo o País, a expectativa é de que a Lei 10.639, de 2003, que institui como obrigatório o ensino da História da África, seja imediatamente absorvida pelos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares – o que irá contribuir para o resgate da participação do povo negro na construção das riquezas materiais e imateriais do Brasil.

BATALHA Após 123 anos da abolição formal da escravatura, a bandeira de luta pela cidadania do povo negro levantada pelo grande líder Zumbi dos Palmares continua tremulando no Brasil. Alvos constantes de preconceito e violência por conta da cor da pele, os descendentes de africanos escravizados ainda anseiam pela real liberdade, que só pode ser alcançada com o fim do racismo.
Políticas de ações afirmativas, propostas por iniciativas como o sistema de cotas, criam reservas de vagas em instituições de ensino superior, aumentando a inclusão de alunos negros nas universidades. Dados de uma pesquisa adotada pelo Ministério da Educação apontam que nos últimos sete anos, mais jovens afrodescendentes ingressaram em instituições de ensino superior do que nos vinte anos anteriores.

A FORMATURA

A solenidade de formatura dos alunos da Faculdade Zumbi dos Palmares terá como patronos Orlando Silva, ministro dos Esportes, e Fábio Barbosa, presidente do conselho de administração do Banco Santander. Os paraninfos são o vereador Netinho de Paula e a deputada Leci Brandão.

Criação: Daniel Cabral

Nenhum comentário:

Postar um comentário