Você encontra aqui conteúdos da disciplina História e Cultura Afro- Brasileira para estudos e pesquisas, como também, assuntos relacionados à Política, Religião, Saúde, Educação, Gênero e Sociedade.
Enfim assuntos sobre o passado e sobre nosso cotidiano relacionado à História do Brasil e do Mundo.







Seguidores

Visitantes

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Pré- História

Criacionismo e Evolucionismo

Criacionismo e Evolucionismo

Sem dúvida, um dos maiores mistérios da humanidade é a origem do homem e o porquê de nós sermos tão diferentes dos animais. O criacionismo e o evolucionismo são duas teorias que tentam explicar a criação e a evolução do homem.

A Bíblia Sagrada, mais especificamente no livro de Gênesis, narra toda a história da origem de tudo que há ao nosso redor, como Sol, estrelas e seres vivos, inclusive a do homem. O primeiro versículo da Bíblia já diz: “No principio criou Deus os céus e a terra”. Esta é a idéia central do criacionismo: Deus criou todas as coisas, inclusive o homem.

Diferentemente do criacionismo, o evolucionismo, fruto de um conjunto de pesquisas iniciadas pelo legado deixado pelo cientista Charles Darwin afirma que o homem é resultado de uma longa evolução iniciada há cerca de 5 milhões de anos, desde os Hominídeos até o Homo sapiens, o qual corresponde ao homem com suas características atuais.

Paleolítico

Paleolítico
Ilustração: o homem do Paleolítico caçando um gliptodonte.

O Paleolítico compreende o período que vai desde a origem do homem até 12 a 10 mil a.C. Nesta fase, o homem passou a utilizar a pedra lascada como instrumento principal. Isso foi de suma importância, pois é a partir desse momento que o mesmo passa a se diferenciar dos outros animais, usando sua capacidade racional para produzir suas próprias ferramentas.

Outro fator que marcou esse período da história foi o domínio do fogo. Se não fosse o calor do fogo, o homem não sobreviveria em um clima tão frio, já que essa fase foi marcada por intensas glaciações. Além do mais, isso permitiu um maior domínio sobre os animais e uma melhor condição de vida, uma vez que podia usar o fogo para assar a carne de animais.

Os homens desta época eram nômades e viviam em bandos. Tinham uma economia de subsistência, ou seja, caçavam, coletavam e pescavam para sobreviver. Havia certa organização e divisão de trabalho entre homens e mulheres. Os homens caçavam, já as mulheres eram responsáveis por atividades mais leves, como a coleta.

O homem do Paleolítico não acreditava em deuses, mas sim, em forças da natureza, sendo que existem indícios de rituais funerários nesse período. No final do Paleolítico, o homem já morava efetivamente em cavernas e caçava animais de grande porte, como mamutes e renas.

Neolítico

Neolítico
Durante o Neolítico se iniciou a divisão do trabalho e a diferenciação social. Os homens se dedicavam à caça e as mulheres, à agricultura e à educação das crianças.

O Neolítico, também denominado de Idade da Pedra Polida, é um período da Pré-História que compreende o espaço de tempo entre 12000 a.C. e 4000 a.C. O nome “Idade da Pedra Polida” é dado em referência ao fato de que, neste período, o homem aprendeu a polir a pedra e a fabricar instrumentos mais eficientes, como machados, lâminas de corte, serras, etc.

Neste período, o homem deu um dos passos mais importantes para seu desenvolvimento ao descobrir a agricultura. Assim, encontrou uma nova forma diferente e relativamente não-esgotável de obter alimentos, deixando de ser nômade para ser sedentário, ou seja, que possui um uma residência fixa. Os primeiros grupos e aldeias foram criados pertos dos rios, visto que as terras dessa região eram mais férteis.

O clima da Terra no Neolítico era bastante diferente doPaleolítico. De fato, a crosta terrestre se aqueceu, findando a Era Glacial. Isso permitiu a formação de rios e desertos. Foi nessa fase que se iniciou a divisão do trabalho e a diferenciação social. Os homens se dedicavam à caça e as mulheres, à agricultura e à educação das crianças. Surge também o comércio. O homem do Neolítico utilizava os métodos de trocas, uma vez que a moeda ainda não havia sido criada.

O homem desenvolveu técnicas de tecelagem e moagem. Também descobriu a roda e a tração animal, facilitando bastante sua vida. Uma vantagem desses avanços tecnológicos foi a utilização de roupas de lã negra e de pele de cabra.

Idade dos Metais

Idade dos Metais
Armas e ferramentas criadas durante a Idade dos Metais.

A Idade dos Metais é o último período da Pré-História. Tal fase compreende os dois últimos milênios antes do surgimento da escrita, em 3.500 a.C. A Idade dos Metais é majoritariamente caracterizada pela substituição das ferramentas de pedra por aquelas de metal. O primeiro metal utilizado foi o cobre; posteriormente, através da mistura do cobre e do estanho, o homem obteve o bronze, utilizado para fazer armas mais poderosas; finalmente, passou a utilizar o ferro em 1500 a.C.

O uso dos metais representou um grande avanço para o homem daquela época. As novas e mais eficientes ferramentas permitiram o desenvolvimento da agricultura e da criação de animais.

Com essa melhora, o homem começou a se deparar com o excedente, ou seja, aquela quantidade de alimentos que era produzida além de sua necessidade. Foi a partir daí que se iniciaram as primeiras disputas entre os homens, para ver quem ficaria com esses excedentes.

Os indivíduos vencedores dessas disputas passaram a impor seu domínio para com os outros, nascendo assim, a propriedade privada e a desigualdade social. Neste momento também, surgia a necessidade de um agente regulador das relações entre os homens e que garantisse a propriedade privada: o Estado.

Fonte: http://www.historiadetudo.com/pre-historia.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário