Você encontra aqui conteúdos da disciplina História e Cultura Afro- Brasileira para estudos e pesquisas, como também, assuntos relacionados à Política, Religião, Saúde, Educação, Gênero e Sociedade.
Enfim assuntos sobre o passado e sobre nosso cotidiano relacionado à História do Brasil e do Mundo.







Seguidores

Visitantes

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Introdução ao mundo feudal- 1ª Parte



Introdução ao Mundo Feudal

Durante muito tempo acreditou-se que a Idade Média fosse uma era das trevas, no obscurantismo (que isso professora?), uma era onde as pessoas eram ultrapassadas, pois acreditavam fielmente numa religião e desprezavam o conhecimento. Trata-se de uma colocação preconceituosa, pois o estudo do período medieval nos comprova o contrário.
Antes de começarmos, gostaria que vocês apontassem as semelhnaças e diferenças presentes nestas imagens. (Um, dois, três...). Podemos perceber que a primeira imagem, além de nos mostrar uma senhora carregando algo em sua cabeça, num ambiente cheio de verde e pouco urbanizado, busco representar o ambiente rural como um todo, isto é, a imagem número um procura de uma maneira resumida nos passar a ideia de rural. A segunda imagem, pelo contrário, não nos mostra pessoas, apenas nos revela vários prédios, um céu cinzento, o que pode ser facilmente compreendido como uma cidade. As cidades representam a modernidade, ou seja, o contrário do ambiente rural, que é imaginado como um ambiente atrasado, conservador, pouco inovador, em outras palavras, um lugar arcaico. Estas imagens, podem até ter sido feitas no século XXI, mas as ideias por trás delas são bastante antigas. E é o estudo destas ideias que nos permitem ver a realidade com outros olhos. Esta é a missão da História. É por isso que vamos voltar à europa, dos séculos V ao XV depois de nosa era/depois de Cristo.
Para revisarmos o ano passado, temos que nos lembrar dos últimos acontecimentos do Final do Império Romano, o que nós chamamos de Ivasões Bárbaras. Outro preconceito, pois de "bárbaros" estes povos não tinham nada. Para facilitar nosso estudo dividimos esse momento em três partes, cada um tendo uma cor diferente. Note que a parte amarela refere-se a um processo. A fase representado pela cor vermelha, é a primeira onda de invasões bárbaras, intimamente ligada com o final do Império romano do Ocidente. A segunda fase, identificada com a cor verde é a segunda onda de migrações. A fase em amarelo representa o tempo que os diversos povos, tanto germânicos quanto romanos tiveram para fundir suas culturas em algo novo, conhecido posteriormente como sociedade feudal.
Este quadro busca ilustrar, cronologicamente, alguns fatos políticos associados com a construção dos Reinos Germânicos. Não é necessário que você decore, sob pena de não entender o que acontecia nesta época. Tenha em mente que nosso estudo voltará várias vezes para este quadro.

Tradicionalmente, dividimos a Idade Média em duas metades. Mas como sabemos que as divisões em períodos são convenções, isto é, são inventadas por uma pessoa ou por um grupo, também resolvemos mostrar outra periodização para a Idade Média, para além da divisão temporal clássica.
Esta é a divisão clássica, entre Alta Idade Média e Bixa Idade Média. Ainda hoje é utilizada por muitos livros, inclusive no seu módulo você encontra esta divisão.

Na aula de hoje vamos propor também outra divisão, que leva em conta outros aspectos da Idade Média. O período que gostaria de destacar é a Idade Média Central.
Os fundamentos da Idade Média nada mais são do que as características culturais, que juntas formaram aquilo que nós conhecemos como MUNDO FEUDAL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário