Você encontra aqui conteúdos da disciplina História e Cultura Afro- Brasileira para estudos e pesquisas, como também, assuntos relacionados à Política, Religião, Saúde, Educação, Gênero e Sociedade.
Enfim assuntos sobre o passado e sobre nosso cotidiano relacionado à História do Brasil e do Mundo.







Seguidores

Visitantes

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Joana D ' arc



Joana D'arc nasceu na França no ano de 1412 e morreu em 1431. Foi uma importante personagem da história francesa, durante a guerra dos cem anos(1337-1453), quando seu pai enfrentou a rival Inglaterra.
A história da vida dessa heroina francesa é marcada por fatos trágicos. Quando era criança presenciou o assassinato de menbros de sua familia por soldados ingleses que invadiram a vila em que morava. Com 13 anos de idade ela começou a ter visões e receber mensagens que ela dizia ser dos santos Miguel, Catarina e Margarida. Nessas mensagens ela era orientada a entrar pelo exercito frânces a ajudar seu reino na guerra contra a Inglaterra. Motivada pelas mensagens cortou o cabelo bem curto, vestiu-se de homem e começou a fazer treinamentos militares. Foi aceita no exercito frânces, chegando a comandar tropas. Suas vitórias importantes e o reconhecimento que ganhou do rei Carlos VII despertaram a inveja em outros lideres miltares da França. Estes começaram a conspirar e diminuiram o apoio de Joana D'arc.
No dia 17 de junho de 1429, seu sonho se realizou: o delfim foi coroado. A missão poderia ter acabado mais a garota tinha incorporado o papel de soldado. Sua nova ambição era expulsar os ingleses de Paris, mais a total falta de preparo pesou, e Joana nunca mais conheceu a vitória.Na batalha de Compièng- que iniciou sem altorização real, a jovem então com 19 anos, foi capiturada. "Embora seu jugamento que durou 6 meses, fosse eclesiastico, Joana acabou por ser condenada pelo governo inglês, que ligando suas vitórias militares a bruxaria, pode justificar suas perdas. "Eram derrotas consideradas mais humilhantes por serem para uma mulher" diz a professora inglesa Mary Gordon autora do livro Joana D'arc, a guerra foi acusada de herege, relapsa e idolátra e levada a morrer na fogueira. No dia 30 de maio de 1431 Joana caminhou acorrentada até uma praça no centro de Rouen, onde prenderam-na a uma estaca. Uma vez dentro do fogo ela gritou mais de 6 vezes 'jesus'! teria contado um dos carrascos. Seu corpo carbonizado acabou exposto em praça publica a multidão. Os restos mortais foram queimados e as cinzas atiradas ao rio sena para impedir culto. mas o mito de Joana só aumentou...

Nenhum comentário:

Postar um comentário