Você encontra aqui conteúdos da disciplina História e Cultura Afro- Brasileira para estudos e pesquisas, como também, assuntos relacionados à Política, Religião, Saúde, Educação, Gênero e Sociedade.
Enfim assuntos sobre o passado e sobre nosso cotidiano relacionado à História do Brasil e do Mundo.







Seguidores

Visitantes

terça-feira, 29 de março de 2011

462 anos, parabéns Salvador!!!


A Cidade de Salvador

Fundada em 1549 e primeira capital do Brasil, Salvador comemora 462 anos de existência no dia 29 de março de 2011. O nome da cidade tem sua origem na denominação dada pelo navegador italiano Américo Vespúcio em 1503, quando aportou no dia 1 de novembro.

Até o final do século XIX, a capital recebeu sete denominações diferentes: São Salvador, Salvador, Salvador da Bahia, Bahia, Bahia de Todos os Santos e São Salvador da Bahia de Todos os Santos.

A cidade do Salvador foi fundada por Tomé de Souza na entrada da Baía de Todos os Santos, 49 anos depois da chegada dos Portugueses à Costa Brasileira. A cidade construída na então Capitania Geral da Bahia de Todos os Santos nasceu para garantir a posse territorial do país aos Portugueses e para assegurar a fixação de um Pólo Administrativo na Colônia.

Enquanto primeira capital do Brasil, Salvador acumulava a dupla condição de centro administrativo e de entreposto comercial. A cidade era ponto de parada obrigatória para viajantes e comerciantes do mundo inteiro e importante porto de desembarque e comércio, sobretudo de escravos africanos.

Com a transferência da capital para o Rio de Janeiro (1763), devido à proximidade das minas de ouro de Minas Gerais, a antiga capital perdeu a sua importância política e permaneceu, como uma espécie de ilha cultural, guardando assim os símbolos singulares da sua cultura.

Salvador é a cidade das misturas; mistura de velho e novo, de pitoresco e inusitado. Mistura de gente, cores, sol, mar, cheiros e sabores. Uma cidade singular e plural, com suas qualidades e defeitos.

Salve nossa cidade Salvador-Bahia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário