Você encontra aqui conteúdos da disciplina História e Cultura Afro- Brasileira para estudos e pesquisas, como também, assuntos relacionados à Política, Religião, Saúde, Educação, Gênero e Sociedade.
Enfim assuntos sobre o passado e sobre nosso cotidiano relacionado à História do Brasil e do Mundo.







Seguidores

Visitantes

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Capoeira, Resistência Negra

A Capoeira, ao longo do tempo e por meio de sua história tem se mostrado como elemento fundamental para a preservação e o resgate da cultura afro-brasileira, e a formação identitária da nação, tendo se tornado patrimônio cultural e imaterial brasileiro. E por aliar de forma especial teoria e prática, transforma-se em eficiente instrumento sócio-educativo, aparecendo com destaque nos Parâmetros Curriculares Nacionais como sugestão dos blocos de conteúdo no tocante a luta, sendo considerada a única atividade da cultura corporal de movimento brasileira.

A mesma é contemplada na lei 10.639/03 e 11.645/08, que torna obrigatório o ensino da história e da culturas afro-brasileira e indígena. Em função do exposto, a relevância deste curso justifica-se pelo seu caráter de pioneirismo na área e de atendimento a uma demanda e uma lacuna na formação dos profissionais que trabalham na área que buscam especializar-se. Para tanto, o curso tem como destaque a disseminação e produção de conhecimentos, permitindo o desenvolvimento de pesquisas, a troca de experiências, o entendimento de seus fundamentos, e conseqüentemente, o incentivo e o benefício de sua prática. A Capoeira, ao longo do tempo e por meio de sua história tem se mostrado como elemento fundamental para a preservação e o resgate da cultura afro-brasileira, e a formação identitária da nação, tendo se tornado patrimônio cultural e imaterial brasileiro. E por aliar de forma especial teoria e prática, transforma-se em eficiente instrumento sócio-educativo, aparecendo com destaque nos Parâmetros Curriculares Nacionais como sugestão dos blocos de conteúdo no tocante a luta, sendo considerada a única atividade da cultura corporal de movimento brasileira. A mesma é contemplada na lei 10.639/03 e 11.645/08, que torna obrigatório o ensino da história e da culturas afro-brasileira e indígena.

Em função do exposto, a relevância deste curso justifica-se pelo seu caráter de pioneirismo na área e de atendimento a uma demanda e uma lacuna na formação dos profissionais que trabalham na área que buscam especializar-se. Para tanto, o curso tem como destaque a disseminação e produção de conhecimentos, permitindo o desenvolvimento de pesquisas, a troca de experiências, o entendimento de seus fundamentos, e conseqüentemente, o incentivo e o benefício de sua prática.

Nenhum comentário:

Postar um comentário