Você encontra aqui conteúdos da disciplina História e Cultura Afro- Brasileira para estudos e pesquisas, como também, assuntos relacionados à Política, Religião, Saúde, Educação, Gênero e Sociedade.
Enfim assuntos sobre o passado e sobre nosso cotidiano relacionado à História do Brasil e do Mundo.







Seguidores

Visitantes

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

CARTA DO FÓRUM NACIONAL DE MULHERES NEGRAS EM APOIO Á CANDIDATURA DE DILMA ROUSSEFF

Vivemos um momento de crescimento do país, onde evidenciamos a migração dos mais pobres, que não tinha certeza da alimentação do dia seguinte, onde a qualidade da habitação, educação e saúde da população negra sempre foi subtraída da agenda dos governantes, para a classe média. Neste contexto estão as mulheres negras, que em nosso país cerca de 40% são gestoras dos lares mais pobres. No que se refere á pobreza a população negra corresponde a 65%. O baixo nível de renda, tanto individual quanto domiciliar per capita, restringe as liberdades individuais e sociais das pessoas.

Atualmente contemplamos um projeto de gestão política e financeira, liderado pelo presidente Lula, que orquestrou vários projetos como Bolsa – família, Minha casa minha vida, política para a saúde da população negra, programa de inclusão digital, políticas afirmativas na Educação (Lei 10.639/03) que introduz o Ensino da cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas) e abertura para discutir o Racismo Institucional, que segrega fortemente a população negra em particularmente as mulheres negras.

Temos avanços que devemos celebrar e muito que conquistar por isto é necessário dar continuidade a esta luta, o projeto iniciado no Brasil pelo presidente Lula, que neste pleito é representado por Dilma Rousseff.

Convocamos a todas as mulheres brasileiras á combater a discriminação de gênero que Dilma vem sofrendo diariamente na mídia elitizada que não tem compromisso com a população pobre deste país. Mas como sempre estão á serviço da classe dominante e que sempre se beneficiou com o Racismo. Neste pleito o que temos presenciado é a demonstração de intolerância e discriminação contra uma mulher, que pode chegar no poder com competência e firmeza, tendo a preocupação com as diferenças existentes em nossa sociedade, tendo contribuído para o PAC, Bolsa-família, Luz para todos.

Nós mulheres negras vêem a público para apoiar a candidatura de Dilma Rousseff, dizendo um basta ao retrocesso e não á abstenção do voto, lembrando que é nas urnas onde exercemos nossa cidadania.

RUMO Á VITÓRIA, MAIS MULHERES NO PODER

FÓRUM NACIONAL DE MULHERES NEGRAS/ BAHIA- COORDENAÇÃO:

UBIRACI MATILDES

AURESI LIMA

JANETE FERNANDES SUZART

MARIA IZABEL FELIPE BRANDÃO

GICÉLIA DA CRUZ

MARIA DA GLÓRIA BONFIM

NEIDE CRUZ

MARIA DE SÃO PEDRO FRANÇA

SONIA MARIA LIMA

CHERRY ALMEIDA

VALDA FRANÇA

ÉRICA BARBOSA

MILITANTES FNMN/BA

COMISSÃO DE GÊNERO DA UNEGRO

ESCOLA LUIZA MAHIM

LUCIANA EMBILINA

DIANA COSTA- HISTORIADORA

DALVA MESSIAS

GRUPO UNIÃO – JACIRA SACRAMENTO

RITA BROWN

GILCILENE EVANGELISTA DOS SANTOS- CONSELHO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

OLIVIA SANTANA – VEREADORA DE SALVADOR

MORGANA VERGNE PANELLI

MAÍRA AZEVEDO- JORNALISTA

ROSANA PAZ

SIRLENE ASSIS

MARCIA CORREIA- COORDENADORA DA COMISSÃO DE GÊNERO RAÇA E ETNIA DO CONSELHO DE SERVIÇO SOCIAL

PATRICIA VIEIRA – UBM

ROSA DE SOUZA- UBM/ CTB

DANIELE COSTA- UJS/UBM

ANGELA GUIMARÃES – UNEGRO/CONSELHO DE JUVENTUDE

EDNALVA BISPO – SINDICATO DA CONSTRUÇÃO CIVIL

SONIA MARIA DA SILVA- FETRACON

LÚCIA MAIA – SINDICATO DA CONSTRUÇÃO CIVIL

MARIA NERY QUERINO- SINDICATO DA CONSTRUÇÃO CIVIL


Nenhum comentário:

Postar um comentário